E7 Outros Projetos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Projeto

O projeto Geração BIO impulsionou ações de educação e sensibilização para a preservação da biodiversidade no Vale do Guadiana.

Promovido pela Câmara Municipal de Mértola, ao abrigo do programa POSEUR e dinamizado em parceria com os atores locais da educação e do ambiente.

À EP ALSUD permitiu a realização e participação em ações dinâmicas e criativas que envolveram os alunos e a comunidade:

 

  1. Ações de formação sobre a biodiversidade no parque natural do vale do Guadiana, com destaque para a classe dos insetos;
  2. O levantamento dos valores naturais para instalação das estações de biodiversidade (EBIO do Guadiana e da Ribeira do Vascão);
  3. A produção de materiais pedagógicos de apoio à dinamização das EBIO para alunos e professores (guiões, jogos e mochilas pedagógicas;
  4. A dinamização das visitas às EBIO;
  5. A produção de provas de aptidão profissional com base no projeto;
  6. A organização e participação em concursos de fotografia e vídeo;
  7. A produção de uma peça de teatro: “A libelinha de Alcaria”;
  8. A produção da curta-metragem: “O lobo”;
  9. A produção do filme de animação “ Os meus vizinhos”.

 

As ações deste projeto multidisciplinar tiveram forte impacto na vida da escola e dos alunos que aprenderam de uma forma ativa e criativa mais sobre os valores naturais do parque natural do vale do Guadiana e a biodiversidade que importa “conhecer para preservar”.

 

 

Descrição do Projeto

A atividade agrícola de subsistência, materializada sob a forma de hortas, é uma atividade desenvolvida desde os tempos imemoriais. No Convento de São Francisco de Mértola, dada a localização e as características excecionais do terreno, esta atividade foi exercida até aos anos 80 do século passado.

De modo a preservar e a recuperar esta componente da ruralidade em espaço urbano e envolvendo neste processo a comunidade local, o Município de Mértola em parceria com a proprietária do Convento de São Francisco, a Associação entre Dois Rios e a Cooperativa ALSUD estão empenhadas em implementar o projeto "Hortas do Convento".

Objetivos

  •  Fomentar a prática da horticultura como atividade de lazer;
  • Promover uma alimentação saudável com produtos provenientes da agricultura tradicional e biológica;
  • Diminuir o impacto das despesas com produtos hortícolas na economia familiar e ao mesmo tempo aumentar a sua utilização e promoção da diversidade na alimentação;
  • Sensibilizar e educar a população para o respeito e defesa do ambiente;
  • Valorizar o espírito comunitário na utilização e manutenção do espaço;
  • Potenciar a utilização da compostagem  e sensibilizar a população para os resíduos produzidos individualmente;
  • Promover a transmissão de valores e práticas ligadas à terra e às atividades manuais e artesanais, preservando a ruralidade em espaço urbano.

Contribuição da Escola Profissional ALSUD no Projeto

A Escola Profissional ALSUD apresentou uma proposta de Manual de Boas Práticas de Cultivo elaborado por duas alunas do Curso de Gestão de Ambiente, nomeadamente a Vera Barão e a Patrícia Rosa (2011/2012) onde se destacam formas tradicionais de horticultura, o respeito pelo ambiente e a transmissão de conhecimentos. Este Manual foi posteriormente distribuído aos hortelões que participam no projeto, contribuindo assim com vários conselhos e boas práticas em modo de produção biológico.

Projeto
A Mala do Mineiro - Ferramentas Educativas é uma ferramenta educativa que permitirá aos alunos e professores do 1º, 2º e 3º Ciclos conhecer a história da Mina de São Domingos através de jogos, atividades e muitas aventuras. Alunos e professores vão (re)descobrir a região que tem tanto para dar num ambiente Escola/Museu.

Este projeto surgiu de uma parceria entre a Fundação Serrão Martins e a Escola Profissional ALSUD. Financiado pelo programa INALENTEJO, QREN e FEDER, tem como objetivo enriquecer as visitas guiadas à Mina de São Domingos, destinadas a este público-alvo, permitindo assim, um enriquecimento e uma valorização do património mineiro.

Objetivos

  • Promover e preservar o património mineiro;
  • Sensibilizar as gerações mais jovens para o património mineiro;
  • Valorizar as gentes e as suas principais figuras;
  • Diversificar as metodologias dos serviços educativos;
  • Qualificar as visitas guiadas à Mina de São Domingos com a produção de conteúdos educativos e lúdicos;
  • Criar um programa educativo de visita à Mina de São Domingos dirigido ao público-escolar.